28 de agosto de 2014

todos podem ser frida


Hoje mesmo comentava com uma amiga sobre a história da Frida Kahlo e como ela se tornou uma das artistas mais queridas e amadas. Então, ao chegar em casa, me encontro com um projeto bonito desses na timeline do Instagram. O Todos Podem Ser Frida se inspira no estilo da pintora mexicana para transformar anônimos.

Com uma monocelha característica, cores fortes e estampas florais que lembram bastante o sangue latino e as telas de Frida, o projeto tem passado por vários lugares e, todos que se interessarem, podem se vestir, se pintar e ser fotografado pela idealizadora do projeto, Camila Fontenele. O mais interessante é ver homens e meninos se despindo de preconceitos e se enchendo de flores também, enquanto mulheres colocam um pelinho e outro aqui, detonando com alguns padrões estéticos.

Vale dizer que o último dia de intervenção acontece neste sábado, dia 30, no Parque Formosa, na Zona Norte. É só passar lá, das 14 às 18 horas! 

André adoraria ser Frida.

26 de agosto de 2014

bom gosto e harmonia


Adoro procurar por inspirações de lugares confortáveis e que pareçam agradáveis de se morar. Foi isso que percebi quando a casa da blogueira Shannon Acheson. A decoração da casa onde ela vive há pouco mais de um ano é incrível, decorada com tons sóbrios e trazendo bom gosto e harmonia. 

Além de alguns objetos de decoração da casa (como o carrinho de bar vintage), que foram achados dela e do marido em algumas lojas do ramo, a casa também foi ornamentada com alguns projetos que os dois criaram e produziram, botaram a mão na massa. A mesa do escritório, a mesa da sala de jantar e as prateleiras abertas da cozinha, por exemplo, foram feitas pelo casal.

Cheio de quadrinhos e objetos interessantes, meu ambiente preferido é o home office. Também gostei bastante do papel da parede do quarto e da luminária do criado-mudo. Como faz para morar numa casinha assim?


André achou esta casa "quentinha".

19 de agosto de 2014

postais para formigas


Este é dos trabalhos mais delicados e cuidadosos que já vi. Diariamente, a artista plástica Lorraine Loots posta em sua página um cartão postal pintado à mão, com diferentes técnicas e materiais. A única restrição para que o trabalho prossiga é que ele seja em um tamanho mínimo. Daí vem o nome do projeto: 365 Postcards for Ants

Em 2013, ela recebia diariamente sugestões do que pintar pelas pessoas que acompanhavam seu trabalho. Em 2014, entretanto, na segunda edição do projeto, ela está fazendo postais inspirados em Cape Town, sua cidade, que foi escolhida como Capital Mundial do Design neste ano. Antes de ser enviados para os seus respectivos donos (todos os originais são vendidos antes, às cegas), todas as pinturas serão expostas na cidade. Você pode acompanhar imagens do decorrer do projeto em seu tumblr.










André adoraria ser uma formiga.